REALIDADE OCULTA QUE NÃO SE PUBLICA NA MÍDIA


AQUECIMENTO GLOBAL

ALGUMAS VERDADES E ALGUMAS MENTIRAS

 

O Aquecimento global é uma ilusão ou algo real ?

Surgem estudos de cientistas a dizer que tudo é mentira, mas devemos acreditar neles? Na minha opinião, não acredito a 100% neles, podem ser cientistas bem pagos pelas petrolíferas, tal como aqueles cientistas pagos pelas tabaqueiras que alegam que ainda não se provou a relação do tabagismo com o cancro. Ou aqueles cientistas que alegam que ainda não se provou que telemóveis e as suas radiações afectam a saúde.

 

O facto é que o clima está a mudar, podemos verificar isso pela mera observação do tempo, invernos mais secos, verões com tempo de inverno, ventos fortes, mini tornados onde não era  habitual, depois vêm as vagas de calor, a seca, em algumas terras cai granizo com bagos do tamanho de laranjas, em alguns países há cheias muito intensas ou grandes nevões fora do normal, etc.

 

O tempo está a mudar, mas o que causa essa mudança? O aquecimento global potenciado pela grande poluição industrial ? Ou algumas armas de controle climático? É sabido que alguns governos controlam o clima, há inclusivé documentos que o comprovam.

 

Controle do Clima :

HAARP , por exemplo, poderá controlar o clima.

O Pentágono por exemplo, está a estudar tecnologias de controle do clima , o clima poderia ser manipulado por exemplo para causar cheias, ou seca, num determinado país arrasando a agricultura desse país, levando-o à crise alimentar e económica, ou causar cheias e causar milhares de mortes, ou causar ciclones, etc. São técnicas de de modificação ambiental (ENMOD:  environmental modification techniques)

 

Uma conhecida cientista Dr.  Rosalie Bertell confirma que o exército americano está a estudar tecnologias que possam manipular o clima como uma arma.  Potenciar tempestades, ou lançar grandes quantidades de vapor de água na atmosfera, perto de tempestades, para potenciar o seu efeito.

 

Um oficial militar francês, Marc Filterman, disse que se utilizam também radiofrequências, diz que os Americanos e os Russos já dominam essas tecnologias, podem inclusive causar furacões, desde os anos 80.

LINK AQUI.

 

Existe ainda uma cuirosa declaração feita por William S. Cohen, em 1997, quando era Secretário da Defesa dos EUA.

«Alguns estão envolvidos num novo tipo de terrorismo, em que podem alterar o clima , produzir terramotos, ou activar vulcões utilizando ondas electromagnéticas à distância» disse ele.

 

Na década de 80 os militares americanos conduziram uma experiência para enfraquecer  furacões, era o projecto "storm fury", noticiou o jornal «USA Today». Projecto Storm fury, conduzido pelo governo americano entre 1962 até 1983, enfraquecer ciclones espalhando com aviões iodeto de prata nas nuvens.

 

O Governo Chinês também utiliza engenhos de controlar o clima, por exemplo para criar chuva, engenhos baseados em tecnologia antiga de Nicola Tesla.

 

Veja por exemplo este link do « USA Today » sobre o tema.

Veja aqui a cronologia de algumas técnicas de controle climático ao longo dos decénios.

 

Faça download de um documento pdf ( 11 páginas, 55 kb. ) AQUI.

Que explica algumas tecnicas do exército americano para controle do clima, e o número das patentes dessas tecnologias.

 

Sistema satélite de modificação do clima (SWMS : Satellite Weather Modification System).

Canalizam raios solares, transformam-nos noutros tipos de energia e direccionam esses raios para zonas desejadas na atmosfera.

 

Entrevista com Bjorn Lomborg,

Ambientalista e professor de Estatística na escola de Negócios de Copenhaga.

Deu entrevistas ao “Times”, à “CNN” “The New York Times” e ao  jornal português “Expresso”, do qual transcrevo parte da entrevista.

Bjorn foi autor de um livro “Cool it” acerca do aquecimento global, afirma que o aquecimento global é real mas que os seus impactos têm sido exagerados por pessoas interesseiras como AL-Gore. É facil Al-Gore dizer o que diz hoje, mas quando al-Gore era vice-presidente de Clinton foi responsável pelo aumento de 11% nas emissões de Co2. Bjorn É considerado um homem inteligente, e já convidou algumas vezes Al-Gore para debates, o qual recusava sempre.

 

A «Times» considerou-o um dos 100 homens mais influentes do planeta, o «The Guardian» um dos 50 heróis do meio ambiente.

 

Bjorn diz que o pânico não ajuda a tomar boas decisões «Os mais de 100 mil milhões de euros gastos por ano no Protocolo de Quioto pouco ou nada farão para atrasar o aquecimento global, mas chegariam para dar condições de vida a todos os habitantes do planeta»

 

Ele defende que, em vez de se desperdiçarem milhões em protocolos e medidas políticas erradas, o dinheiro poderia ser melhor aplicado noutros problemas mais graves do planeta, como por exemplo a malnutrição de milhões de pessoas pobres. Poderia investir-se ainda em melhores tecnologias agrícolas para combatermos a crise alimentar.

 

Diz que em relação ao aquecimento global, promete-se muito e faz-se pouco, em 1992 na cimeira da Terra, os países ricos prometeram cortar, até ao ano 2000, as emissões de CO2 para os níveis de 1990, mas não o fizeram.

Depois, em Quioto, prometeram baixá-las para níveis  abaixo dos de 1990 até ao ano 2010, mas até agora não têm feito isso.

 

Bjorn, diz que seria mais facil prometermos algo que possamos cumprir, por exemplo investir 16 mil milhões de euros em tecnologias não poluentes, e com isso, seria possível gerações futuras conseguirem cortar nas emissões de carbono.

 

Ele diz ainda que a produção de biocombustíveis é uma má ideia, muitos terrenos são usados para produção de biocombustíveis e sendo assim não se aplicam á alimentação, o que gera mais de 100 milhões de pessoas com fome.

Abateram-se ainda florestas tropicais para cultivo de cereais, milhões de cana, etc, para produzir biocombustíveis, o que custou mais milhões de euros, e afectou o ambiente.

 

A respeito do Protocolo de Quioto.

Bjorn diz que o protocolo mesmo que tivesse resultado, na prática nada faria  contra o aquecimento global. No final do século tê-lo-ia adiado por sete dias. Custa cerca de 115 mil milhões de euros por ano para não ter virtualmente qualquer impacto. É uma forma muito cara de fazer tão pouco.

A ONU estima que com cerca de 48 mil milhões de euros por ano poderíamos dar comida ,água potável , condições sanitárias, cuidados de saúde básicos e educação a todos os habitantes do planeta. E, nas suas contas, de Bjorn, poderíamos com apenas 16 mil milhões de euros enfrentar o problema do aquecimento global. Mas no protocolo de Quioto, gastam-se 115 mil milhões ao ano! Critica ainda o facto de painéis solares serem muito caros e apenas acessíveis aos ricos.

 

Diz ainda que, com o protocolo de Quioto, salvaríamos apenas 1 urso polar ao ano, contudo alvejam-se 300 a 500 ursos por ano1 Não seria mais inteligente  deixarem de alvejar ursos ?

 

Notícia :

Aquecimento Global  aumenta casos de pedra nos rins.

Fonte : Ciberia.aeiou.pt

A subida das temperaturas globais pode provocar um aumento do número de pessoas afectadas por pedras nos rins, de acordo com um estudo realizado por cientistas norte-americanos. Os investigadores sustentam que, até 2050, o aquecimento global poderá ser responsável por entre 1,6 milhões e 2,2 milhões de novos casos de pedras nos rins porque os climas mais quentes podem provocar desidratação, considerada uma das principais causas dos cálculos renais. Ler o restante AQUI .

 

Falta de água no Planeta:

Dizem que no futuro teremos falta de água no planeta. Morreremos de sede? Campanhas publicitárias já nos incentivam a poupar água, as empresas fornecedoras de água têm aumentado o preço da água e das taxas, será mesmo verdade que estamos a ficar sem água potável? LEIA AQUI .

 

VEJA ALGUNS VÍDEOS ABAIXO



Visite sempre este website. Sempre haverá novidades e notícias que não se divulga